Como funciona o Design Thinking

Design Thinking, como indica o nome, é uma forma de abordagem egressa do campo do design e adaptada às empresas e corporações.

Literalmente, o termo significa “pensamento do design”, ou pensar como um designer.

O que isso quer dizer, na prática? Segundo o livro “Design Thinking – Inovação em Negócios”, pensar desta forma é abduzir.

Na figura abaixo, um breve histórico do Design Thinking.

 

Em sua essência, design é a capacidade de equilibrar um projeto sobre três pilares, garantindo as melhores soluções:

  • Viabilidade – Uma solução viável financeiramente, capaz de gerar um modelo de negócio sustentável;
  • Praticabilidade – Considera a viabilidade técnica do projeto ou se ele é tecnologicamente possível;
  • Desejabilidade – todo o trabalho é orientado pelas pessoas envolvidas naquele contexto, considerando clientes, colaboradores, usuários e outros.

 

O diferencial de utilização desta forma de pensar e abordar o problema está no pensamento criativo.

Para tal, usa-se a razão, onde dados do passado são recolhidos e analisados trazendo a tona o cenário atual, com a visão de todos os participantes envolvidos no contexto ( colaboradores, gestores, clientes e outros).

Também são realizadas atividades de levantamento, com entrevistas individuais, mensuração e reporte, de modo correlacionado aos workshops onde serão promovidas as dinâmicas de trabalho.

O profissional que adota esta metodologia está sempre centrado em problemas ou desafios que precisam de soluções  inovadoras, buscando outros pontos de vista além do seu, opiniões e sugestões de especialistas, permitindo obter soluções mais sofisticadas, que são compartilhadas em grupo pelas reuniões de Brainstorming.

O diagrama abaixo ilustra a abordagem do Duplo Diamante que preconiza divergir para depois convergir, visando obter as melhores soluções a partir de uma visão multidisciplinar e colegiada do problema em questão.

 

 

Principais Etapas

Esta abordagem pode ainda ser adotada em qualquer tipo de atividade seja ela empresarial, ou social. O processo de Design Thinking pode ser estruturado nos seguintes pilares:

 

 

Imersão

A Imersão é a primeira fase do processo de Design Thinking. Aqui, é preciso se aprofundar no problema e aproximar-se do contexto em que ele está inserido. Continue lendo e descubra quais as ferramentas que lhe ajudarão a trilhar esse caminho.

O objetivo é se aproximar do problema que desejamos resolver, tanto do ponto de vista da empresa quanto do cliente. Assim, devemos sempre considerar as experiências e as necessidades destas pessoas.

Para cada fase da imersão existem diferentes técnicas que se adéquam melhor e por meio delas você pode buscar informações sobre os sentimentos, experiências e pensamento dos clientes/usuários – o que elas dizem, fazem, usam, sabem, sentem ou sonham.

Já no final, após o levantamento dos dados das pesquisas preliminares e em profundidade, devemos agrupar os principais resultados e traduzi-los com auxílio de ferramentas como: Jornada do Persona, Blueprint e Mapas Conceituais.

Análise e Síntese:

Etapa de análise e organização das informações coletadas. Assim é possível obter padrões e criar desafios que auxiliem na compreensão do problema. Nesta etapa podem ser necessárias informações adicionais para suportar a etapa posterior de ideação, com base em dados e fatos que suportarão as conclusões e escolhas de possíveis soluções para o problema em questão.

 Ideação

Ideação é a fase em que o perfil de um público alvo é definido, daqueles que serão “servidos” pelas soluções criadas, a partir de ideias inovadoras para um tema do projeto em questão. Para tal, utiliza-se como insumo a síntese criadas a partir das fases anteriores.

Neste ponto, além da equipe multidisciplinar envolvida em todo o projeto, outros participantes são incluídos como usuários (público) e profissionais da área em questão, de forma a obter várias perspectivas e um resultado mais rico e diverso.

A partir daqui, brainstormings são realizadas, além de sessões de co-criação com o público e profissionais da área, gerando ideias que serão capturadas. “Pensar fora da caixa” é bem-vindo, evitando qualquer julgamento de valores, sendo promovido apenas o debate de ideias. 

Prototipação

Nesta etapa, tiram-se os conceitos e percepções do papel para montar produtos simples, que possam ser rapidamente estruturados. O objetivo é coletar novos feedbacks junto à equipe envolvida no processo de desenvolvimento, validar hipóteses e mapear dificuldades não previstas. É o momento que ideias abstratas ganham conteúdo formal e material, representando a realidade capturada e propiciar a validação.

Apesar de ser apresentada como fase final do processo de Design Thinking, a construção pode permear todo projeto, acontecendo simultaneamente com a imersão; análise e síntese, e ideação.

Neste momento, as soluções inovadoras devem ser criadas, desenvolvendo oportunidades de negócios. Finalmente, são expostos os protótipos aos clientes, preferencialmente em situações idênticas às que eles irão encontrar quando forem comprar o produto. Com isso, há uma análise mais consistente das hipóteses elaboradas pela equipe.

 

Como a Addunt pode te ajudar?

A fim de auxiliar sua empresa ou instituição, a Addunt Consulting desenvolveu uma metodologia focada em três etapas: Mapear contexto, gaps e desafios; Propor ideias a partir da jornada do usuário; Testar as soluções por meio de protótipos.

A nossa abordagem consiste em levantar previamente histórico, as percepções e possíveis alavancas de benefício quantitativo e qualitativo, por meio de entrevistas executivas.

Em um segundo momento, é feita a jornada do usuário para suportar a revisão da cadeia de valor de entrega e gestão dos serviços. A partir das visitas de campo, é feita a confirmação de gaps identificados e o desenho das melhorias “to be”.

Por fim, preparamos o Roadmap de soluções, a partir da priorização das mesmas em função de complexidade x benefício de redução de custos.

Este tipo de projeto irá variar em prazo, formato e técnicas a serem utilizadas conforme a necessidade do cliente que direcionará o projeto a ser contratado. Tampouco será restringido pelas técnicas do Design Thinking, devendo agregar também outras metodologias consagradas de consultoria de gestão num formato híbrido de entrega que atenda aos requisitos do cliente.

 

Modelos de Operação & Gestão

  • Adoção de Novos Modelos a partir de metodologias consagradas (OBZ, S&OP, CSC)
  • Envolvem mudança holística em pessoas, processos e ferramentas
  • Foco em transformação organizacional
  • Desenvolvimento sustentável
  • Governança

Suporte à Implantação de Projetos

  • Gerenciamento de projetos diversos (sistemas, reorganização)
  • Atuação como PMO ou GP
  • Frameworks ágeis (SCRUM) ou tradicionais (PMBoK)
  • GM – Gestão da Mudança
  • KM – Gestão do Conhecimento

Gestão de Processos (BPM)

  • Revisão de cadeias de processos específicas (P2P, OTC, RTR, HTR)
  • Redução de Custos & Excelência Operacional
  • Mitigação de riscos e Compliance
  • Indicadores de desempenho (KPIs)
  • Lean Six Sigma, Design Thinking.

Inovação & Transformação Digital

  • Consultoria em TI
  • Sistemas de Informação (planejamento, requisitos, testes e homologação)
  • Governança de TI & Dados
  • Tecnologias Digitais (RPA, Mobilidade, Analytics).
  • UX/Design Thinking
  • Desenvolvimento de Start-ups

Family Office e Corporate Strategy

  • Suporte à construção de estratégias financeiras e comerciais;
  • Apoio especializado para estruturação societária, jurídica e sucessão;
  • Diagnóstico e adoção de técnicas aplicáveis aos desafios corporativos;
  • Adequação às particularidades do negócio.

Saiba mais sobre os nossos serviços.

Como entregamos?

Transformação

Indicada para necessidades de alta complexidade, urgência na entrega de soluções e ausência de equipe interna capacitada ou disponível, oferecendo produtos e resultados.

Alocação

Sugerida para operacionalização de projetos previamente definidos, com entregas geridas pelo cliente em prazo e escopo a definir. Aloca tempo de consultores experientes.

Capacitação

Recomendada para transformações de longo prazo, a partir da capacitação do staffe liderança em resposta a gapsde competência pré-identificados. Realiza sessões de Team Building.

Abordagem de execução dos projetos

A atuação da Addunt Consulting é focada na busca de benefícios para nossos clientes, tais como: eficiência de custo, inovação promovendo o diferencial, desenvolvimento de novos negócios, compliancee gestão de riscos, dentre outros. A estruturação consiste em Diagnóstico Operacional (duas a três semanas) > Blueprintdo Modelo (duas semanas) >Roadmapde Mudança (tempo a ser definido).

Entendemos que a equipe responsável pela Gestão dos Projetos de Transformação tem um papel fundamental nas mudanças necessárias. Ela é composta por:

  • Consultor funcional sênior que conduz os workshops colaborativos com o objetivo de identificar as oportunidades de melhoria nos processos;
  • Consultor pleno a fim de detalhar as soluções priorizadas pelo colegiado do projeto;
  • Equipe especialista (presencial e/ou remoto) para enriquecer as soluções com base em boas práticas de mercado.

 

Benefícios da Contratação de Suporte Externo

Entenda porquê as organizações avaliarem a opção de apoio externo no momento de implementar iniciativas como esta:

 

  • Manter o foco das lideranças na estratégia e operação do negócio;
  • Reduzir o custo fixo de pessoal que atua em projetos de mudança, uma vez que sua natureza é de caráter temporário e/ou sazonal;
  • Evitar conflito de interesses em ações de mudança que impactem aspectos de remuneração, carreira ou estabilidade de emprego;
  • Reduzir gastos com capacitação contínua em tendências e metodologias de consultoria que estão em constante renovação;
  • Usufruir benefícios da experiência de consultores que também atuam em outros clientes, seja na mesma indústria ou em outras;
  • Gerir equipes habituadas à cultura de prestação de serviços, onde há entregáveis em prazos e qualidade previamente contratados;
  • Catalisar a participação dos recursos envolvidos part timeem projeto, dada a dificuldade em renegociação de atrasos de projeto;

 

Em diversas ocasiões, torna-se recomendável profissionais de consultoria ad hoccom flexibilidade de escopo para implementação de iniciativas como essas.

Para saber mais sobre a relação entre as soluções Addunt e o Design Thinking, entre em contato conosco!

Fale um pouco sobre seus objetivos
Antes de concordar leia a nossa Política de Privacidade em https://www.addunt.com.br/politica-de-privacidade/
Este website usa cookies e solicita seus dados pessoais para aprimorar sua experiência de navegação.